Search
Entrar
Agenda Cultural » Destaque Mensal
"TARDES COM HISTÓRIA"
“A PEREGRINAÇÃO MADEIRENSE DE 1923.”
QUINTA 4 ABRIL | 18h00
Carlos Barradas e Cláudia Neves.
A deslocação no espaço por parte do homem para visitar os locais religiosos da sua devoção é um fenómeno transversal às religiões. A raiz etimológica da palavra “peregrino” deriva do vocábulo latino peregrinus (a, um,), que, por sua vez, resulta da contração latina per + agros, que significa “aquele que atravessa os campos”, vindo de longe, para que, face a face, eleve, na proximidade do encontro com os lugares sagrados visitados, a sua fé.
O Pe. Fernando Augusto da Silva dá-nos conta no Elucidário Madeirense na entrada de intitulada “Peregrinações Madeirenses”, de duas peregrinações ocorridas na Ilha da Madeira, uma em 1923 e outra em 1926, e que envolveram um número substancial de peregrinos organizados em grupo.
A peregrinação organizada em 1923 foi um acontecimento inédito na vida espiritual dos madeirenses, e graças ao sucesso desta primeira viagem, organizou-se a peregrinação em 1926, inaugurando e popularizando as viagens em peregrinação entre os madeirenses, que subsistem até aos dias de hoje.
Esta comunicação pretende estudar os moldes em que decorreu a primeira grande peregrinação madeirense em grupo em 1923, menos conhecida que a peregrinação de 1926, resgatando da memória os escritos dispersos deixados pelo Pe. Jacinto da C. Nunes na revista “Esperança”.
“HOMENS DO MAR: BOMBOTEIROS E RAPAZES DA MERGULHANÇA”
DOMINGO 10 ABRIL | 18h00
Graça Alves.
À volta do porto do Funchal, surgem personagens que fazem do mar e do movimento dos navios a sua principal fonte de subsistência.
De entre as muitas atividades que se organizam à volta das chegadas e das partidas dos barcos que trazem o mundo à(s) ilha(s), destacamos o bombote e a mergulhança, pela importância que tiveram na sobrevivência da gentes ribeirinhas e pela poesia que tais ofícios envolvem.
"PATRIMÓNIO IMATERIAL – CONCEITOS E DINÂMICAS"
QUARTA 24 ABRIL | 18h00
Élia de Sousa.
O que é o património cultural imaterial? Nesta conferência pretende-se abordar os conceitos base da convenção da UNESCO sobre o património imaterial. Demonstraremos os domínios de ação do Património imaterial e a envolvência da comunidade.
Destaque Mensal
 
 
Secretaria Regional do Turismo e Cultura / Direção Regional da Cultura