Search
Entrar
Museus » Museu A Cidade do Açúcar
Informação Útil
Tutela: 
Câmara Municipal do Funchal / Departamento de Economia e Cultura / Divisão de Cultura e Turismo

Morada: 
Praça Colombo, nº 5
9000-051 Funchal
351 291236910

Horário:
Segunda a sexta das 9h30 às 17h30 Encerrado sábados, domingos e feriados.

Ingressos:
Bilhete normal: 3,86€ Terceira Idade e Jovens dos 11 aos 17 anos: €1,86 Visitas de Serviço Educativo: gratuito.

O Museu A Cidade do Açúcar é a consequência natural de uma pequena unidade designada, Núcleo Museológico A Cidade do Açúcar, inaugurada em 1996, como memória de uma casa manuelina destruída no século XIX, do comerciante João Esmeraldo, que hospedou o descobridor da América, Cristóvão Colombo.

Pretendia, o núcleo museológico a quando da sua inauguração, ajudar ao reconhecimento na cidade do Funchal de edifícios históricos, ou unidades museológicas ligadas à fundação da cidade e aos primeiros séculos da sua existência, através de uma exposição didática e de guias de visita do Funchal manuelino. Sendo apenas parte de um todo, que se articulava nas outras unidades existentes e que no conjunto se constituiriam como um museu da cidade.

O Museu A Cidade do Açúcar é um museu preferencialmente de leitura e enquadramento dos achados arqueológicos reconhecidos na cidade do Funchal e particularmente da escavação realizada em 1989 das antigas casas de João Esmeraldo, existentes no local onde hoje se situa o Museu, e que depois de destruídas no século XIX, só levaram ao reencontro do antigo poço.

O espólio da escavação, ajuda a perceber o quotidiano da Cidade entre o final do século XV e os meados do século XVII.

Assim o novo Museu, não pretende constituir-se como espaço de identificação da memória da produção e tecnologia açucareira, nos seus dois mais importantes ciclos, no século XV-XVI e XIX, esse deve ser encontrado na recuperação e musealização de um antigo engenho de Açúcar.
O Funchal, pequena vila de artesãos, ultrapassará as margens de uma ribeira, instalando a partir de meados do século XV o embrião de uma cidade, fundada em 1508. Esta área de expansão territorial está ligada à produção e ao comércio do Açucar, exportado para portos do norte da Europa, com primazia a Bruges e depois Antuérpia, mas também para o Mediterrâneo até Constantinopla.

Nas escavações arqueológicas ocorridas em 1989, foi encontrado um espólio representante da vida da ilha da Madeira desde o século XV até meados do século XVIII. Foram recuperadas grandes quantidades de fragmentos de cerâmica Portuguesa do século XV/XVI e XVII, os ditos “Aranhões”, assim como anforetas, cachinbos, bilhas, escudelas, selos de chumbo, moedas, e outros, que foram exumados de um poço ainda existente. Na coleção, ainda algumas obras de arte, de enquadramento da época.

O Museu A Cidade do Açúcar propõe ainda um guia de reconhecimento na cidade do Funchal do ciclo açucareiro, com a indicação comentada de vários pontos de interesse histórico.
Está equipado com programas de apoio educativo e dispõe de uma loja.
<fevereiro>
domsegterquaquisexsáb
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728
 
Destaques

Get Adobe Flash player Install latest flash player if you can't see this gallery, or click here to see the html version.

Notícias

 

Conteúdos: Direção Regional da Cultura

 
 
Secretaria Regional do Turismo e Cultura / Direção Regional da Cultura