banner ovos

English Version

  Search  

 Login 

  Mapa
 
  Destaques

 

 UNIVERSO DE MEMÓRIAS 

 JOÃO CARLOS ABREU 

             

 

 

  Breve referência biográfica Minimize

Filho de Manuel Gomes Abreu e Maria da Conceição Nunes Abreu, João Carlos Nunes Abreu, nasceu no Funchal, na freguesia de São Pedro, a 5 de dezembro de 1935. Desde tenra idade, e até atingir 25 anos de idade, morou na zona velha da Cidade.
Viveu algum tempo em Roma e em Bolzano, onde estudou Jornalismo e Gestão de Empresas. Em 1961 frequentou o primeiro curso de férias de Cultura Geral na Universidade de Lisboa *. Trabalhou nos Serviços de imprensa do Concílio do Vaticano II. Enveredou, depois, pela hotelaria, onde passou cerca de um ano no sul de Inglaterra. Foi também empresário, director de relações públicas, agente de viagens, director de hotel, Director Regional dos Serviços de Animação, Director Regional de Turismo, e durante 23 anos (1984-2007), foi Secretário Regional de Turismo e Cultura. Em junho de
2007, a seu pedido, cessa as funções no Governo Regional da Madeira e a partir desta data tem se dedicado à escrita, ao teatro, às viagens e a causas humanitárias, presidindo à Associação CRIAMAR. Possui alguns cursos na área das relações públicas, promovidos por instituições de prestígio norte americanas. Em várias cidades do país e em países como Chipre, Canadá, Itália, (Universidades de Nápoles e Roma) e em Espanha (Museu Canário), participou em palestras sobre questões culturais, turísticas e ambientais. Nos anos 90, João Carlos Abreu começa a dar os seus primeiros passos na pintura.
Desde os 16 anos que realiza viagens de estudo e recreio pelos quatro cantos do mundo, publicou centenas de crónicas em jornais e revistas nacionais e estrangeiras, dois guias turísticos sobre a Madeira em inglês, dez livros de poesia e seis em prosa.
Em 1991 recebeu a "Medalha de Honra Municipal" do Município de São Vicente pelos trabalhos de recuperação da Vila, em dezembro de 2003 foi-lhe atribuído o doutoramento “Honoris Causa”
em Ciências Sociais, pela Universidade de San Cyrillo, em Roma. Em novembro de 2005 foi condecorado pelo Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, com o grau de “ Grande Oficial da Ordem de Mérito”, em setembro de 2007, dia Mundial de Turismo, foi homenageado pelo Estado Português com a medalha de ouro de mérito, no dia 1 de julho de 2008, "Dia da Região", recebeu do Governo Regional da Madeira a " Insígnia Cordão Valor em Ouro", a 11 de abril 2013 é lhe atribuida a Medalha de Mérito Cultural "Jorge Amado" e, em 2014 recebe o "Diloma de Honra e Mérito - Portugueses de Valor" pelo contributo demonstrado em prol das Comunidades Portugueses. Foram-lhe atribuídos outros galardões nas áreas do turismo e da cultura. Entre esses, o de “Leader”da Europa.
São da sua iniciativa as festas da Flor e do Vinho nos moldes actuais, bem como os desfiles de Carnaval, o Muro da Esperança, o Encontro de Bandas, e o Festival do Atlântico.
Fundou o Centro de Estudos da História do Atlântico. Foi o elo de ligação entre o Governo Regional e a Santa Sé na parte respeitante à organização para a visita de João Paulo II à Madeira.
Foi professor da Escola de hotelaria da Madeira. Doou à cidade do Funchal cerca de 14 mil peças expostas no Centro Cultural de Santa Clara (Universo de Memórias de João Carlos Abreu). Foi Secretário das Festas do Fim do Ano da extinta Delegação de Turismo.
Trouxe para a Madeira o “Pomme d’Or”, prémio atribuído à cidade do Funchal. 

 

* Professores – Professora Doutora Virgínia Rau; Professor doutor Delfi Santos e Professora Doutora Lurdes Belchior.

 

 

Caricatura de João Carlos Abreu, Jorge Rosa, 1988

Thursday, May 28, 2020