banner cavalos

English Version

  Search  

 Login 

  Mapa
 
  Destaques Minimize

 

 UNIVERSO DE MEMÓRIAS 

 JOÃO CARLOS ABREU 

             

 

 

  Breve referência histórica Minimize

O edifício foi construído para uma função residencial tendo sido utilizado como tal até 1998. Em 2002 foi adquirido pelo Governo Regional da Madeira e transformado em centro cívico e cultural.

O documento mais antigo, encontrado sobre o edifício data, de 27 de Outubro de 1888 e prova que foi pertença do madeirense, comerciante na Guiana Inglesa, Simeão Francisco que faleceu na casa a 23 de Janeiro de 1900.

Segundo informações de Mª Beatriz M. P. F. G. Farinha Faria que nasceu na casa em 1927, o seu avô herdou-a, no início do século, do seu padrinho João Carlos Castro, passando posteriormente para o seu pai, João Remígio Gonçalves Farinha. Entre 1930 e 1974 a casa foi alugada ao médico Nuno Porto e a partir dessa data até 1998 viveu a família proprietária. Em 1998 o edifício foi adquirido pelo arquitecto Norberto Melim que em 2002 vende ao Governo Regional da Madeira. É nesta altura que se faz a reabilitação do edifício para ser adaptado a centro cívico e cultural. Todo este processo de reabilitação foi acompanhado por João Carlos Abreu uma vez que a casa teria de ser adaptada para receber o espólio que doou à Região.

João Remígio com a filha Mª Beatriz ao colo, 1927 

Thursday, May 28, 2020